FAÇA UMA PERGUNTA
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar? Cadastre-se, para perguntar! Entrar


Para fazer uma pergunta:
Ao enviar sua pergunta, o anunciante produtividadeindustr receberá um email informando que foi postado uma pergunta sobre o Anúncio Premios de Producao e Incentivos Salariais somente atraves... Aguarde a resposta em seu email. Esta pergunta será publicada na página do Anúncio tipo Serviço e ficará visível a todos.
MINHA CONTA
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar? Entrar

Para comprar ou vender

Cadastre-se no permutalivre ou use a sua conta do Facebook

Premios de producao e incentivos salariais somente atraves..

FOTOS DO ANÚNCIO
INFORMAÇÕES
Preço:
R$ 43,00
Tipo de Serviço:
NOVO
Hora Mínima:
1
Visitas neste Anúncio:
538
Data do Anúncio:
01/12/2008
ESTADO / REGIÃO: SÃO PAULO - SÃO PAULO
Bairro: CENTRO
(11) 5518-388 / (11) 5515-7405

O Permuta Livre não se responsabiliza pela publicação deste anúncio (Premios de producao e incentivos salariais somente atraves..) que é de responsabilidade exclusiva do anunciante. O Permuta Livre não realiza intermediação das vendas e compras, trocas ou qualquer tipo de transação feita pelos usuários deste Site, tratando-se de serviço exclusivamente de disponibilização de mídia para divulgação. A transação é feita diretamente entre as partes interessadas. Cabe ao consumidor assegurar-se de que o negócio é idôneo antes de realizar qualquer transação. Ao negociar com qualquer pessoa ou empresa, sugerimos que não efetue qualquer pagamento através de transferência bancária ou outro tipo de pagamento sem a garantia da entrega do bem que está negociando.

DESCRIÇÃO DO ANÚNICIO
MAPA / REGIÃO

Premios de Producao e Incentivos Salariais somente atraves..


PRÊMIOS DE PRODUÇÃO e INCENTIVOS SALARIAIS

Somente através da variação do ritmo de trabalho é possível medir a Eficiência do operador, possibilitando o pagamento de prêmios de produção e que qualquer outra forma de premiação é complexa, incorreta e deixa margem para dúvidas. A variação do ritmo de trabalho é medida pelo Tempo Padrão, sendo o fator fundamental na aplicação de um plano de incentivo salarial. É o que este livro procura mostrar.

 

 

 

 

http://www.produtividadeindustrial.com.br/email/imagens/indice.jpg
http://www.produtividadeindustrial.com.br/email/imagens/introducao.jpg

1 - INTRODUÇÃO

2 - PRÊMIOS DE PRODUÇÃO E INCENTIVOS SALARIAIS
   2.1 - Definição e Objetivos
   2.2 - Plano de Incentivo Salarial com base em diversos fatores
   2.3 - A Base Fundamental de cálculo de um Prêmio de Produção
   2.4 - Condições de sucesso de um Prêmio de Produção

3 - A PRODUTIVIDADE INDUSTRIAL
   3.1 - Definição
   3.2 - Objeto Da Produtividade industrial
    - A mão de obra direta
   3.3 - Fator Da Produtividade Industrial
   - O Ritmo de Trabalho
   - Componentes do Ritmo de Trabalho
   - Habilidade do Operador
   - Esforço do Operador
   - Variação da Habilidade e do Esforço
   - Ritmo Normal
   - Ritmo Abaixo do Normal
   - Ritmo Acima do Normal
   3.4 - Ritmo de Trabalho e Produtividade Industrial
   - A Semelhança
   - A Diferença
   - A Normalização do Ritmo de um Tempo Padrão
   - O Cálculo Simplificado de um Tempo Padrão
   3.5 - Cálculo da Produtividade Industrial
   - Produtividade de uma pessoa
   - Produtividade de um setor de fábrica
   - Produtividade de uma fábrica
   - O Dado Principal no cálculo da Produtividade
   3.6 - O Controle da Produtividade
   - Pontos Básicos De Sucesso
   - Controles
   - Individual
   - Coletivo
   3.7 - Influência da produtividade na Produção Industrial
   3.8 - Viabilidade Econômica de um Controle de Produtividade

4 - PRÊMIOS DE PRODUÇÃO COM BASE NA PRODUTIVIDADE
   4.1 - Da Tabela de Prêmio
   4.2 - Tipos de Prêmios de Produção
   - Prêmio de Produção Coletivo
   - Prêmio de Produção Individual
   - Prêmio de Produção Misto

5 - EXEMPLO DE APLICAÇÃO DE UM PRÊMIO DE PRODUÇÃO
COLETIVO
   5.1 - Controle da Produção realizada
   5.2 - Controle das Horas Paradas
   5.3 - Resumo Mensal da Produtividade do Setor
   5.4 - Aplicação do Prêmio de Produção Coletivo

6 - EXEMPLO DE APLICAÇÃO DE UM PRÊMIO DE PRODUÇÃO
INDIVIDUAL
   6.1 - O Apontamento da Produção
   6.2 - As Fichas de Controle da Produtividade
   6.3 - Aplicação do Prêmio de Produção Individual

7 - EXEMPLO DE APLICAÇÃO DE UM PRÊMIO PARA A SUPERVISÃO
DA PRODUÇÃO
   7.1 - A Tabela de Prêmio
   7.2 - A Aplicação do Prêmio

8 - EFICIÊNCIA INDUSTRIAL
   8.1 - Definição
   8.2 - Objeto da eficiência Industrial
   - A Mão De Obra Indireta
   8.3 - Fator da Eficiência lndustrial
   8.4 - Influências externas sobre a Eficiência
   - Situação do Mercado
   - Situação Econômica
   - Situação da Concorrência
   - Situação da Matéria Prima
   - Situação da Mão de Obra
   - A Situação Tecnológica
   8.5 - Incremento da Eficiência Industrial
   8.6 - O Cálculo da Eficiência
   8.7 - O Controle da Eficiência
   8.8 - Influência da Eficiência na Produção Industrial
   - Influência da Supervisão da Produção
   - Influência da Racionalização Industrial
   - Influência da Engenharia
   - Influência da Manutenção
   - Influência do Planejamento de Produção
   - Influência do Abastecimento das Matérias Primas e
Materiais Auxiliares
   - Influência do Controle de Qualidade
   - Influência das Relações Industriais

9 - O PRÊMIO DE PRODUÇÃO DA MÃO DE OBRA INDIRETA COM
BASE NA EFICIÊNCIA
   9.1 - A Tabela do Prêmio
   9.2 - No Controle da Eficiência de uma Máquina
   9.3 - No Controle de Eficiência de um Setor de Produção
   9.4 - No Controle da Eficiência de uma Fábrica

10 - A VIABILIDADE ECONÔMICA DE UM PRÊMIO DE PRODUÇÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   Através dos anos, muitas mudanças tem surgido, na maneira de serem
produzidos bens e serviços. Anteriormente a Revolução Industrial, o
trabalho era feito por artesãos que desenvolviam seus próprios
ofícios e, com o auxílio de ferramentas relativamente simples,
produziam o produto totalmente, tal como um par de sapatos ou peças
de roupas. Os artesãos vendiam seus produtos diretamente aos
consumidores ou a um intermediário por um preço fixo ou, caso
fossem vassalos de um dono de terra, pagavam sua sobrevivência com
trabalho em vez de dinheiro. Alguns artesãos trabalhavam em fábricas
e eram geralmente pagos na base de preço por peça.

   Durante a segunda metade do século XVIII, uma revolução teve
lugar nos métodos de produção e na organização do trabalho. A
mudança básica foi a transferência da habilidade do trabalhador
para a máquina. Para uma dada operação, mais habilidade foi sendo
transferida para a máquina, exigindo cada vez menos habilidade do
trabalhador. As máquinas semi-automáticas que entraram em uso,
necessitavam apenas de uma pessoa não experimentada para
fornecer-lhes material e remover a peça acabada, e, em caso de
máquinas automáticas, nenhum operador era necessário. A
transferência de habilidade, entretanto, não e diretamente
associada a divisão do trabalho, ao sistema de produção fabril ou ao
uso de energia na indústria. De fato, as fábricas existiam desde
tempos antigos até o tempo da Revolução Industrial. Os artesãos
trabalhavam debaixo de um teto comum; havia alguma divisão de
trabalho e a energia hidráulica era disponível em algumas fábricas.

   Entretanto foi o conceito de transferência de habilidade que
revolucionou os métodos de produção, primeiramente na Inglaterra,
na indústria de fiação e tecelagem. Então, a idéia se espalhou
rapidamente para muitas outras áreas e para outras partes do
mundo. As fábricas eram equipadas com máquinas movimentadas por
energia a vapor d´ água, pois, nessa época, a máquina a vapor de
Watt foi aperfeiçoada e colocada em uso. Em muitos casos, cada
máquina era projetada para executar uma operação simples e homens,
mulheres e algumas vezes, crianças não habilitadas, eram
empregadas pra operá-las. Em geral, esse trabalho consistia
meramente em posicionar o material na máquina que formava ou
processava a peça e, então remover a peça acabada da máquina.

   O novo sistema resultou em um enorme aumento na produção
industrial, menores custos unitários e menor preço de venda dos
produtos manufaturados, aumentando o consumo e a demanda e
trabalho nas fábricas.

   Durante cem anos, desde cerca e 1775 até a segunda metade do
século XIX, grande ênfase foi dada a invenção e desenvolvimento
de novos produtos, a melhoria as máquinas-ferramenta e de
processos de manufatura e à expansão as indústrias. O número de
trabalhadores industriais aumentou grandemente; porém maior atenção
e esforço eram dados a expansão e aumento dos aspectos físicos a
produção do que, ao bem-estar dos trabalhadores industriais.

   Na segunda metade do século XIX, a administração científica entrou
em cena e teve uma influência profunda no mundo industrial. Taylor,
Gantt, os Gilbreth e outros pioneiros usaram a abordagem científica
na organização do trabalho e no projeto dos métodos de trabalho.
Seus métodos resultaram no aumento da produtividade e, ainda, em
menores custos de produção, juntamente com o aumento dos salários
para o trabalhador. Sob a administração científica, estudos
completos e detalhados e experimentação foram realizados para
determinarem o processo de produção  mais econômico e o melhor
método para se executar cada serviço. O trabalhador era
selecionado e treinado para fazer o serviço de maneira
pré-estabelecida e era pago de acordo com a sua produção.

   Os valores por peça vinham sendo usados, desde tempos remotos,
como um método de remuneração e alguma forma de incentivo
salarial tornou-se uma parte integrante do novo sistema de
administração. Devido aos resultados espetaculares a
administração científica houve uma demanda maior de pessoas para
implantar este sistema na indústria do que de pessoas qualificadas
disponíveis. Infelizmente, consultores incompetentes e
inescrupulosos entraram em cena. Isso, juntamente com a redução
os padrões deliberada por alguns administradores, produziu muitas
aplicações insatisfatórias e algumas falhas. Devido a esses
problemas, houve a oposição de alguns trabalhadores e sindicatos
a administração científica. Essa reação durou um bom número de
anos até superar os efeitos ruins causados pelos "peritos" e
produzir uma melhoria na situação. Foram desenvolvidos métodos e
técnicas novas e melhores; colégios e universidades nos EE.UU.,
formaram cada vez mais pessoas treinadas e a administração passou
a realizar suas funções e uma maneira mais satisfatória. Foi
restaurada confiança no sistema global da administração, inclusive
o pagamento de salários baseados em resultados, onde tais sistemas
eram praticáveis.

   Com o crescimento industrial e o aumento da produtividade, houve
um aumento gradual nos benefícios proporcionados aos
trabalhadores de fábrica, em adição a bonificação paga por alta
produtividade, tais como melhor iluminação, aquecimento e
ventilação, salas de lanche e serviços de alimentação, instalações e
programas de recreação a empresa. Embora a administração
científica, tal como foi proposta por Taylor e seus seguidores, seja
bem ampla em seus objetivos e se aplique tanto à mão de obra direta
como indireta, as aplicações, durante o período de 1985 a 1930,
freqüentemente importavam na medida do trabalho e no uso de
sistemas de incentivo salarial como um meio e incrementar a
produtividade e reduzir os custos.

   E o Brasil, com relação a tudo que foi dito, como se situa nessa área
e incentivo salarial, como se apresenta no momento?

  Algumas indústrias, geralmente multinacionais, adotam sistemas e
incentivos salariais em bases científicas, principalmente aquelas
onde a mão de obra direta, é fator preponderante na formação do
custo dos seus produtos e a produção é de alta série.

   Existe um conceito totalmente errôneo no índice de produtividade,
tão alardeado pelas áreas governamentais, por ocasião os dissídios
coletivos, gerando incompreensão e desconfiança por parte e todos
os setores envolvidos.

   Como é possível pagar um índice único de produtividade a uma classe
trabalhadora, mesmo que seja para uma ramificação específica o
mercado, se cada fábrica possui as suas próprias características,
peculiaridades, processos e métodos. Também a produtividade que
alcança cada trabalhador, é diferente de outro, na mesma linha de
produção, o que torna patente a impraticabilidade desse sistema.

   A base de aplicação de um incentivo salarial será sempre a
Organização Científica do Trabalho, caminho inexorável, fora do
qual nenhum progresso será obtido.

   Como isso pode ser levado a efeito, é o que este livro procurará
mostrar. Preparem-se, pois, a classe operária brasileira inicia
movimentos exigindo esse benefício.

Conheça mais acessando nosso site:
http://www.produtividadeindustrial.com.br
romario@produtividadeindustrial.com.br
Tel.: (11) 5518-3881


PERGUNTAS E RESPOSTAS DESTE ANÚNCIO
TEM ALGUMA DÚVIDA?
Faça uma pergunta ao vendedor de Premios de producao e incentivos salariais somente atraves.. e saiba mais sobre esse Serviço
PERGUNTAS NESTE ANÚNCIO PREMIOS DE PRODUCAO E INCENTIVOS SALARIAIS SOMENTE ATRAVES..
Nenhuma pergunta até o momento sobre o anúncio:
Premios de producao e incentivos salariais somente atraves..

O Permuta Livre não se responsabiliza pela venda deste anúncio (Premios de producao e incentivos salariais somente atraves..) que é de responsabilidade exclusiva do anunciante. O Permuta Livre não realiza intermediação das vendas e compras, trocas ou qualquer tipo de transação feita pelos usuários deste Site, tratando-se de serviço exclusivamente de disponibilização de mídia para divulgação. A transação é feita diretamente entre as partes interessadas. Cabe ao consumidor assegurar-se de que o negócio é idôneo antes de realizar qualquer transação. Ao negociar com qualquer pessoa ou empresa, sugerimos que não efetue qualquer pagamento através de transferência bancária ou outro tipo de pagamento sem a garantia da entrega do bem que está negociando.

FORMAS DE PAGAMENTO / ENVIO
Formas de Pagamento:
  • Cartão de Crédito
  • Depósito Bancário
O anunciante encontra-se em:
SÃO PAULO - São Paulo - Centro
Aceita Permuta:
  • Não
ANÚNCIOS DESTE ANUNCIANTE
ANÚNCIOS SIMILARES
Mais de
75.293
Visitantes hoje!
802.612
Anúncios ativos!

Publicidade

Permuta Livre nas Redes Sociais

Google+ Permuta Livre Twitter Permuta Livre Facebook Permuta Livre Linkedin Permuta Livre Youtube Permuta Livre
Classificados Permuta Livre
Site de compra e venda de novos e usados. Veículos, imóveis, instumentos musicais, livros, cds, dvds, computadores, etc.
O uso deste site implica na aceitação dos Termos e Condições Gerais do Permuta Livre. Copyright © 2006 - 2013 Permuta Livre.