FAÇA UMA PERGUNTA
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar? Cadastre-se, para perguntar! Entrar


Para fazer uma pergunta:
Ao enviar sua pergunta, o anunciante afrofilmes receberá um email informando que foi postado uma pergunta sobre o produto O PODER DO MACHADO DE XANGÔ (Reportagem). Aguarde a resposta em seu email. Esta pergunta será publicada na página do produto e ficará visível a todos.
MINHA CONTA
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar? Entrar

Para comprar ou vender

Cadastre-se no permutalivre ou use a sua conta do Facebook

O poder do machado de xangô (reportagem)

FOTOS DO ANÚNCIO
INFORMAÇÕES
O PODER DO MACHADO DE XANGÔ (Reportagem)
O PODER DO MACHADO DE XANGÔ (Reportagem)
Preço:
R$ 25,00
Tipo de Produto:
NOVO
Quantidade Disponível:
1
Visitas neste Anúncio:
1408
Data do Anúncio:
26/01/2010
ESTADO / REGIÃO: BRASILIA - DISTRITO FEDERAL
Bairro: GUARA 1
610) 0000-0000

O Permuta Livre não se responsabiliza pela venda deste produto (O poder do machado de xangô (reportagem)) que é de responsabilidade exclusiva do anunciante. O Permuta Livre não realiza intermediação das vendas e compras, trocas ou qualquer tipo de transação feita pelos usuários deste Site, tratando-se de serviço exclusivamente de disponibilização de mídia para divulgação. A transação é feita diretamente entre as partes interessadas. Cabe ao consumidor assegurar-se de que o negócio é idôneo antes de realizar qualquer transação. Ao negociar com qualquer pessoa ou empresa, sugerimos que não efetue qualquer pagamento através de transferência bancária ou outro tipo de pagamento sem a garantia da entrega do bem que está negociando.

DESCRIÇÃO DO ANÚNICIO
MAPA / REGIÃO

O PODER DO MACHADO DE XANGÔ (Reportagem)


Co-produção com um canal de televisão Francês, com a orientação do antropólogo Pierre Verger, O Poder do Machado de Xangô é a prova viva de que uma reportagem-documentário de TV pode sim seguir os moldes clássicos do documentário sem cair no desencantamento de seus objetos.
Sérgio Chapellin abre o programa com um discurso curioso para os moldes atuais do telejornalismo Global: condenam a ignorância das origens sociais, as pretensões reducionistas e afirma a importância da resistência cultural negra no país - em tom quase emotivo, o âncora abre espaço para um dos melhores documentários televisivos já realizados sobre a temática negra no Brasil:
Com uma trilha sonora expressiva, o filme é todo permeado pela voz do narrador mas, surpreendentemente, não se entrega às tentações reducionistas: conta a história da viagem de um homem brasileiro, Balbino, à África de seus antepassados e tenta mostrar mais do que revelar.
O filme esboça os sinais da cultura negra em Salvador, faz um resumo das principais tradições e, num pequeno histórico, chega à expressão máxima dessa resistência cultural: a religião.
São poucos os depoimentos antes que o filme se aproxime de vez de seu personagem principal e sua viagem. Apesar de mediadas pela voz de Chapellin, as imagens começam então a tomar o controle do filme:
São elas, que nos trazem a força dos rituais e os sons das vozes, que nos colocam num espaço de encantamento raro na TV dos dias de hoje. Aos poucos, a voz off também vai se entregando ao espaço imaginário do filme e a descrição dos fatos objetivos dá lugar a frases como: "E então, a mulher entra em transe, possuída por Oxalá..."
Essa afirmação taxativa em torno do que poderia ter sido descrito como crença, ou traduzido para explicações científicas, é uma verdadeira raridade da televisão brasileira. As imagens do culto não recebem qualquer explicação além da nomeação dos orixás presentes e uma certa orientação para os olhares menos acostumados: "Esse que vemos agora é um Egum, Babáologojó". Essas descrições não se tornam monótonas pois são filtradas pela presença significativa de Balbino, o jovem brasileiro que vai à África em busca de um templo de Xangô.
Na cena mais bonita do filme, Balbino, com dificuldades de comunicação com seus antepassados do Benin, começa a cantar um hino de candomblé:
Aos poucos, e isso a câmera observa silenciosamente, os africanos começam a balançar as cabeças, movem seus corpos, dão uma espécie de sorriso e começam a cantar juntos a mesma música de Balbino. Essa imagem por si só, resumiria toda a energia de identidade cultural que o filme carrega.
A partir daí, Balbino começa a descobrir nas ruas os vestígios de suas origens culturais.
Descobre finalmente um templo de Xangô: Lá, a câmera nos mostra com cuidado e paciência os rituais de surgimento de Xangô (aparecido no meio da multidão na imagem de um homem). Xangô (e o documentário o trata assim) caminha no meio da multidão, olha para a câmera...Grita!
Não há Chapellin que resista a essas imagens: "Foi então que Balbino entendeu...Finalmente ele sabia: Balbino era Xangô!...". Essa frase anuncia o último bloco do programa, quando Balbino chega de volta a casa e mostra os presentes trazidos para a família.Caminha por uma Salvador de trios elétricos e vai "descobrindo os nomes de orixás em cada esquina, nomes de lojas, hotéis, restaurantes..."
É então que Balbino se traveste de orixá pela primeira vez e começa a dançar. Sem que nenhum comentário seja feito, o homem Balbino se retorce diante da câmera e recebe Xangô. Não há off que se agüente em sua frieza: "A poderosa herança de Balbino surge diante de nós".

Chapellin termina o programa com um discurso de defesa não só da diversidade cultural dos povos como com uma espécie de mea culpa Global, baseado num atrapalhado cientificismo: "A própria ciência moderna tem considerado possível a existência de realidades paralelas...".
Impagável justificativa.
Traço de um telejornalismo mais rico e menos reducionista, que não se atém às friezas da mera informação narrada e dá espaço à expressividade insubstituível das imagens e de seus personagens. Um Globo Repórter que embarca em seu tema, e que se deixa levar (quase por inteiro) pela energia própria daquilo sobre o que fala.
Muito diferente do caráter de turistas distanciados, de cientistas imparciais, comum aos atuais programas da emissora. A personagem encantada de Balbino susbstitui a figura do repórter-herói, deixa de lado o expedicionário Global bem comportado.
 
OBSERVAÇÕES:

1) Acervo pessoal, gravado da TV e convertido para DVD;
2) Imagem boa;
3) Frete incluso(Carta Registrada/Correios);
4) Visite o blog: www.afrodocs.blogspot.com.
PERGUNTAS E RESPOSTAS DESTE ANÚNCIO
TEM ALGUMA DÚVIDA?
Faça uma pergunta ao vendedor de O poder do machado de xangô (reportagem) e saiba mais sobre esse produto
PERGUNTAS NESTE PRODUTO O PODER DO MACHADO DE XANGÔ (REPORTAGEM)

HECTORLUIZ

Perguntou em: 22/1/2013 08:33:55
OLÁ, BOM DIA! QUERO COMPRAR O DOCUMENTÁRIO O PODER DO MACHADO DE XANGÔ, QUAL O PRAZO DE ENTREGA? AGURADO....

neto20

Perguntou em: 30/9/2010 23:05:20
como sei se o esse site é seguro.Quero comprar o documentário o poder do machado de xango
Entre em contato comigo por e-mail, que podemos negociar diretamente: afrofilmes@gmail.com
Respondeu em: 1/10/2010 18:24:00

O Permuta Livre não se responsabiliza pela venda deste produto (O poder do machado de xangô (reportagem)) que é de responsabilidade exclusiva do anunciante. O Permuta Livre não realiza intermediação das vendas e compras, trocas ou qualquer tipo de transação feita pelos usuários deste Site, tratando-se de serviço exclusivamente de disponibilização de mídia para divulgação. A transação é feita diretamente entre as partes interessadas. Cabe ao consumidor assegurar-se de que o negócio é idôneo antes de realizar qualquer transação. Ao negociar com qualquer pessoa ou empresa, sugerimos que não efetue qualquer pagamento através de transferência bancária ou outro tipo de pagamento sem a garantia da entrega do bem que está negociando.

FORMAS DE PAGAMENTO / ENVIO
Formas de Pagamento
    Abra sua conta PagSeguro e comece a aceitar cartões de crédito e pagamentos online, imediatamente.
  • Dinheiro
  • Depósito Bancário
O produto encontra-se em:
DISTRITO FEDERAL - BRASILIA - guara 1
Formas de Envio:
  • Correios
  • A Combinar
  • Custo de Envio:

    Acre: R$ 0,00. Alagoas: R$ 0,00. Amazonas: R$ 0,00. Amapá: R$ 0,00. Bahia: R$ 0,00. Ceará: R$ 0,00. Distrito Federal: R$ 0,00. Espírito Santo: R$ 0,00. Goiás: R$ 0,00. Manaus: R$ 0,00. Mimas Gerais: R$ 0,00. Mato Grosso do Sul: R$ 0,00. Mato Grosso: R$ 0,00. Pará: R$ 0,00. Paraíba: R$ 0,00. Pernambuco: R$ 0,00. Piauí: R$ 0,00. Paraná: R$ 0,00. Rio de Janeiro: R$ 0,00. Rio Grande do Norte: R$ 0,00. Rondônia: R$ 0,00. Roraima: R$ 0,00. Rio Grande do Sul: R$ 0,00. Santa Catarina: R$ 0,00. Sergipe: R$ 0,00. São Paulo: R$ 0,00. Tocantis: R$ 0,00.
PRODUTOS SIMILARES
Mais de
28.074
Visitantes hoje!
808.022
Anúncios ativos!

Publicidade

Permuta Livre nas Redes Sociais

Google+ Permuta Livre Twitter Permuta Livre Facebook Permuta Livre Linkedin Permuta Livre Youtube Permuta Livre
Classificados Permuta Livre
Site de compra e venda de novos e usados. Veículos, imóveis, instumentos musicais, livros, cds, dvds, computadores, etc.
O uso deste site implica na aceitação dos Termos e Condições Gerais do Permuta Livre. Copyright © 2006 - 2013 Permuta Livre.