MINHA CONTA
Fechar
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar?

Para comprar ou vender Fechar

Seja bem vindo ao Permuta Livre.

Motos a Venda

Encontre milhares de ofertas de Motos usadas a venda no Permuta Livre. São milhares de anúncios publicados até 28/07/2017 e você pode comprar ou trocar diretamente com o vendedor. + continuar lendo

Aqui você encontra milhares de anúncios de motos de todas as marcas nacionais e importadas. São diversas motos usadas em todo o Brasil para vpcê escolher para trocar ou comprar. Aqui você pode fazer trocas com qualquer anunciante de motos pelo Brasil. Aqui você pode conhecer os vários tipos de motocicletas, você vai entender as principais características de cada uma delas neste artigo.


Tipos de Motos



Existem várias categorias de motorizadas e cada uma tem o seu formato e estilo próprio. Cada categoria é única e incomparável, na medida em que as suas características são inconfundíveis. Os vários tipos de motos que foram construídos visam chegar a toda a população em geral, porém foram desenhados especificamente com o intuito de atingir determinados segmentos de mercado, de forma a retratar ou a implementar um modo de estar e viver a vida. Conheça todos os tipos de motos em seguida:

Veja todos os tipos e os principais atrativos de cada estilo a seguir:


Moto Scooter



Estas motos são muito simples de pilotar e em grande parte dos casos são os primeiros veículos na vida de um motociclista. Ao contrário do que todos pensam, elas não todas de baixa cilindrada. O que define uma moto como scooter é a posição de pilotagem e o design. Nas motos deste modelo, você fica mais sentado do que montado, ficando com as costas eretas e os pés juntos no assoalho. Quando a parte mecânica, a transmissão automática que elimina a manete de embreagem e pedal de câmbio é a principal característica. As scooters dispensam apresentações. São motos que foram desenhadas para todos os espíritos jovens e para todos os que desejam fazer uma viagem calma e tranquila. A maioria das scooters possui uma cilindrada de 50 cm3, com motores de dois tempos e mudanças automáticas (CVT). São motos que permitem uma posição de condução sentada e com os pés apoiados no piso da própria moto. Geralmente, as scooters representam um meio de condução excelente, baixos consumos de combustível e não exigem custos de manutenção avultados, o que garante ao motociclista uma forma de poupar muito dinheiro. Outra característica importante que as scooters apresentam é o compartimento que se encontra por baixo do banco do condutor: o espaço ideal para deixar o capacete quando por exemplo não se encontra em viagem.

Moto Cub



A Cub pode ser considerada de categoria intermediária, ela fica entre uma moto street e uma scooter. Neste tipo de moto, o principal atrativo fica por conta da facilidade de pilotar do segundo grupo. Nestas motos o piloto vai ficar montado e utiliza as pedaleiras para apoiar os pés. Nas motos Cub, o câmbio é semi-automático, ele não precisa da manete de embreagem, mas é necessário que o piloto faça as trocas de marcha.

Moto Street



Tem 110 kg. As pocketbikes têm vindo a ganhar um espaço muito importante junto de toda a comunidade motociclista e as competições desportivas realizadas com as pocketbikes são um fenómeno que atrai milhares de pessoas e as atenções dos meios de comunicação social. Motos street As motos street foram criadas especificamente para todas as pessoas que desempenham vários papéis na sociedade, que estão em correria e stress constante. A vantagem principal das motos street não é a sua velocidade, mas sim a sua mobilidade e o conforto que proporcionam. Apresentam um design muito sóbrio e funcional e são as ideais para uma utilização citadina e para enfrentar o trânsito urbano e o congestionamento das vias. A faixa de cilindrada vai de 100 a 1.300 cm3 e a posição de condução é sentada com os pés apoiados nas pedaleiras. O consumo depende sempre da cilindrada, as 500cc apresentam médias impressionantes de 20 km/l. As motos street, como o próprio nome indica, foram feitas para serem utilizadas na estrada, pois é o local onde elas apresentam um melhor rendimento e condução.

Esta é a categoria mais comum e certamente a mais vendida entre todos os tipos de motocicletas. Elas foram feitas para atender os grandes centros urbanos. Elas são motos muito leves, rápidas e bem resistentes. As motos street geralmente utilizam de motor monocilíndrico entre 100cc e 250cc, as mais comuns são 125cc e 150cc. A presença do câmbio deixa a simplicidade do sistema de marchas das CUBs e scooters para trás. Nestas motos existe a presença de pedal de câmbio e manete de embreagem.

Moto Trail



Podemos considera que elas são a segunda melhor escolha para grandes cidades. Elas são classificadas por sua suspensão de longo curso que tem a capacidade de deixá-las mais longe do chão. Desta forma, elas ficam mais aptas para enfrentar os pisos irregulares. Quanto à posição de pilotagem, existe uma enorme semelhança com as motos street, o mesmo acontece como a capacidade cúbica do motor. Normalmente se apresentam entre 125cc e 250cc.

Motos chopper



As choppers são mundialmente conhecidas e vão ao encontro de todos os que gostam de personalizar a sua moto. São motos que derivam das custom, com algumas diferenças, nomeadamente na posição do tanque, no ângulo de avanço, no comprimento e na distância entre os eixos. Esta moto tem um estilo muito próprio e é conhecida por retirar tudo que é dispensável numa moto, o que faz com que o seu visual seja muito radical, despido e agressivo. Quando se fala em moto chopper a primeira imagem que vem à cabeça é o banco do condutor que está mesmo em cima do pneu traseiro, a linha dos seus cromados, o seu tanque em forma de gota e um garfo dianteiro enorme. Tem um design muito sofisticado e é uma moto conhecida em todo o mundo. A febre é tanta em redor deste tipo de moto que nos Estados Unidos da América existe um programa de televisão que mostra o dia-a-dia de uma fábrica de choppers, trata-se do American Chopper.

Moto Custom



Estas motos eternizaram o conceito de poder viajar sobre duas rodas. Suas principais representantes são as motos da Harley-Davidson, elas são caracterizadas por serem motos com bastante torque, elas ficam sempre muito perto do solo e apresentam uma confortável postura de pilotagem. O piloto fica com o corpo ereto, os braços esticados, pedais posicionados à frente. As motos Custom apresentam motores de alta cilindrada em grande parte dos modelos variam entre 125cc e 250cc. As motos custom destinam-se para um público mais tradicional, mas especialmente para todos os adeptos de uma viagem com o máximo conforto. Estas motorizadas são conhecidas pelo seu ângulo de avanço que é muito inclinado para a frente e pela sua robustez. São motos que não atingem grandes velocidades, também não é esse o seu grande objetivo, atingem velocidades normais e apresentam um consumo de combustível médio. Dependendo da cilindrada que apresentam chegam a fazer médias como 20 km por cada litro de combustível. A maioria das peças que constituem esta moto são cromadas e brilhantes e o seu design é um retrato fiel das motos mais antigas. Nestas motos, o condutor beneficia de uma grande comodidade e bem-estar, pois fica recostado para trás, com os pés para a frente e com as costas apoiadas em encostos muito confortáveis, apelidados de sissy bar. Dentro desta categoria é comum encontrar as Roadsters, que aliam o visual e a posição de condução das motos custom com o alto desempenho das motos desportivas.

Moto Naked



Para você que não sabe o significado deste termo, naked quer dizer nua. Isso é assimilado à ausência de carenagem. Você não deve pensar que está ausência faz destas motos menos esportivas. O modelo de pedaleiras que ficam posicionadas um pouco recuadas que de costume, este tipo pede uma pilotagem mais agressiva, que é reforçada pelo motor. Estas motos apresentam média ou alta cilindrada. As motos naked (nuas) foram desenvolvidas para uma utilização mais prática e citadina e recolhem uma grande simpatia por parte de todos os amantes das duas rodas. São conhecidas por motos nuas, uma vez que estão desprovidas de carenagens e isso faz com que pareçam despidas. Têm um design desportivo, pois são uma mistura entre as motos de passeio e as motos desportivas e oferecem uma ótima performance na estrada, especialmente em ambientes citadinos. Apresentam faróis redondos, pneus desportivos e uma posição de condução mais deitada para que a realização de manobras seja o mais fácil possível. Nestas motos, o seu grande inconveniente é a falta de proteção contra o vento, que chega a ser “cortante” para os motociclistas.

Moto Esportivas



As esportivas certamente são as motos mais desejadas do mundo. Elas foram desenvolvidas para oferecer o máximo de desempenho, são sinônimos de potência e contam com um moderno e arrojado design. A principal característica de uma moto esportiva está na presença da carenagem por toda a extensão da moto, isso auxilia e muito na composição aerodinâmica. A posição de suas pedaleiras sugere uma pilotagem agressiva em que o piloto fica praticamente abraçado a sua moto durante a pilotagem. As motos desportivas refletem os gostos dos apreciadores mais jovens e dos que têm preferência pelas altas velocidades. Apresentam um design futurista e revelam a fusão perfeita entre a beleza e a potência. Os motores que constituem estas motos têm mais de 600 cm3 de cilindrada, o que lhes possibilita um arranque poderoso e uma aceleração incrível, chegando a atingir velocidades superiores a 300 km/h (existe um acordo entre as marcas a limitar eletronicamente a velocidade máxima destas motos). Em todo o caso, não deve cometer loucuras, deve ser prudente, conduzir devagar e respeitar sempre os limites de velocidade estipulados pela lei, caso contrário, não se livra de uma multa pesada. Também é de realçar os discos de travão duplos, os velocímetros e marcadores digitais (óleo, combustível), os quadros fabricados em materiais leves e escapes que proporcionam um ruído desportivo muito agradável. As carenagens têm uma dupla camada, o que proporciona uma maior estabilidade ao condutor. Uma outra característica muito importante das motos desportivas são os seus pneus largos. Os pneus são de extrema importância no que diz respeito à segurança do condutor na estrada e em cima da moto, pois estabelecem a ligação entre o motociclista e o solo. O facto de serem largos possibilita uma boa área de contacto com o solo, tanto em retas como em curvas. Por outro lado, os avanços com a posição de condução baixa oferecem uma navegação excelente quando o condutor se encontra na autoestrada, mas não garantem muito conforto ao motociclista nas vias urbanas porque tem de realizar muitas manobras. O espaço do banco traseiro é também muito desconfortável, pois é muito reduzido, daí o motivo de se encontrar maioritariamente motos desportivas monolugares.

Moto Touring



Elas são responsáveis por melhorar ainda mais o conceito de viagem sobre duas rodas. São motos que em todos os seus modelos vão apresentar sempre altas cilindradas. São motos que tem a capacidade de oferecer sempre o melhor conforto possível. Tudo isso cabe a posição e altura do guidão, posição dos pedais, além de possuir um banco único dividido em dois níveis. Em grande parte dos modelos, elas têm malas laterais e top cases em sua traseira. Certamente vai facilitar demais na hora de carregar sua bagagem. São motos super modernas e contam sempre com bastante tecnologia acoplada ao seu corpo. Entre os itens podemos destacar, rádio e ar condicionado.

Moto Trial



São motos derivadas das motos trail, porém com muitas diferenças. Começando pelo design do banco que conta com uma proteção, isso se deve a necessidade do piloto ficar em pé, se apoiado nas pedaleiras o tempo todo. São utilizadas exclusivamente para praticar esporte e você deve saber que ela não está homologada para o uso nas ruas. Em grande parte dos modelos, elas são de baixa cilindrada, mas possuem sempre muito torque. Graças a isso, elas conseguem subir até em superfícies verticais.

Moto Triciclos



São os modelos mais polêmicos, os triciclos têm um público bem específico. No início, estes modelos eram resultados de adaptações feitas com motos custom e utilizavam partes de carros para conseguir ficar com três rodas. Atualmente algumas empresas resolveram investir neste segmento, e começaram a surgir triciclos em forma de Y, sendo formado por duas rodas dianteiras.

Motos todo o terreno (TT)



As motos de todo o terreno foram especialmente criadas para todos os que desejam viajar com a sua moto para qualquer lado e em qualquer tipo de piso. São conhecidas como off-road e têm as seguintes variantes: Motocross/supercross, enduro, cross-country, trial, raids e trail. Apresentam um design rústico e agressivo, sem qualquer tipo de acessório que possa ser danificado quando a moto for utilizada nos montes ou em trilhas. Ostentam motores de 125 a 600 cm3 de cilindrada ou mais, o que permite rápidas acelerações e um enorme poder de arranque. De uma forma mais particular, destacam-se os pneus, que são do tipo tacos, pois permitem uma melhor condução e tração na terra. As rodas são grandes com o objetivo de transpor determinados obstáculos com uma maior facilidade e a suspensão é mais alta em relação ao solo para que a moto consiga absorver e reter todos os impactos. Dentro da categoria TT, existem duas subcategorias de motos: as Big Trail e as Motocross. As Big Trail representam a maioria das motos que participam no Rally Paris-Dakar. São motos desenhadas para todos os que querem fazer grandes viagens (têm um depósito de 40 litros) e, ao mesmo tempo, oferecem a possibilidade de serem utilizadas off-road. As Motocross são as motos indicadas para a participação em campeonatos de velocidade, saltos em terra ou rally. Dentro desta subcategoria existe uma outra, a Trail. É constituída por motos com motores acima de 600 cm3 de cilindrada e variam entre trechos de alta velocidade em asfalto com trechos de terra e saltos. Foram adaptadas para competições em circuitos e são disso o exemplo máximo as Motards e as Supermotards.

Ciclomotores



Motos que possuem menos que 50cc e são capazes de chegar até 50Km/h. Não é preciso habilitação para pilotá-las, apenas uma ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotores) e ter mais de 18 anos.

Scooter ou Vespa



São veículos de duas rodas, com motor, no qual o piloto apóia os pés na frente do tronco, diferente das motocicletas comuns, nas quais as pernas ficam ao lado. Não é necessário utilizar os pés para trocar as marchas e geralmente possuem câmbio automático.

Fonte: http://www.carrodegaragem.com/tipos-de-motos-fotos-explicacao/

Comentários sobre Motos

Vídeo sobre Motos

R$  10.000,00
Temp
Data do anúncio:
15/06/2017
Twitter
Motos
https://www.youtube.com/embed/QgJdF0zkApY
Motos