MINHA CONTA
Fechar
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar?

Para comprar ou vender Fechar

Seja bem vindo ao Permuta Livre.

Pop Rock

Encontre milhares de ofertas de Pop Rock usados a venda no Permuta Livre. São milhares de anúncios publicados até 01/12/2020 e você pode comprar ou trocar diretamente com o vendedor. + continuar lendo

O que é Pop Rock?

 

Fonte: owtocaraul.wordpress.com/tag/conceito-pop-rock/

 O Pop Rock é um gênero musical derivado do rock e surgiu antes do Pop. Sim, foi somente com o sucesso do rock, que emerge nos anos 50, que se abriu espaço para que um novo universo na música popular fosse criado. As novidades que surgiram a partir da ruptura artística provocada pelo rock estavam intimamente associadas a um novo ambiente econômico, social e cultural.

 

O rock une um ritmo rápido com pitadas de música negra do sul dos EUA e com o country. O gênero surgiu como uma manifestação de um estilo de vida e também como arma para contestar os valores sociais instituídos. Por isso é bem recebido pela juventude da época. Uma juventude sedenta de crítica e de um meio para se expressar. Portanto, o rock já possui um cunho popular desde quando foi concebido proveniente dos berros da guitarra.

 

O surgimento de ídolos do rock como Elvis Presley e The Beatles foram catalisadores para que o termo rock passasse a significar música jovem de maior valor artístico e relevância social. Porém, os próprios Beatles continuam sendo até hoje a grande prova de que é possível ser rock e pop ao mesmo tempo.

 

Na segunda metade dos anos 70, no entanto, ocorreu uma reviravolta no cenário da música jovem com o movimento punk, o hip-hop, o advento da música de discoteca e os primórdios da música eletrônica pop. A partir daquele momento, além da radicalização provocada pelo punk e pelo hip-hop, há uma acentuada diluição do rock e da soul music que junto com uma junção de gêneros desembocará num tipo de canção que dominará o cenário da música jovem a partir dos anos 80: a canção pop.

 

 

A hitória do Pop Rock

 

 

A rock na década de 1950 : primeiros passos

 /www.suapesquisa.com

É a fase inicial deste estilo, ganhando a simpatia dos jovens que se identificavam com o estilo rebelde dos cantores e bandas. Surge nos EUA e espalha-se pelo mundo em pouco tempo. No ano de 1954, Bill Haley lança o grande sucesso Shake, Rattle and Roll. No ano seguinte, surge no cenário musical o rei do rock Elvis Presley. Unindo diversos ritmos como a country music e o rhythm & blues. O roqueiro de maior sucesso até então, Elvis Presley lançaria o disco, em 1956, Heartbreaker Hotel, atingindo vendas extraordinárias. Nesta década, outros roqueiros fizeram sucesso como, por exemplo, Chuck Berry e Little Richard.

 

O rock nos anos 60: rebeldia e transgressão

 

Esta fase marca a entrada no mundo do rock da banda de maior sucesso de todos os tempo: The Beatles. Os quatro jovens de Liverpool estouram nas paradas da Europa e Estados Unidos, em 1962, com a música Love me do. Os Beatles ganham o mundo e o sucesso aumentava a cada ano desta década.

A década de 1960 ficou conhecida como Anos Rebeldes, graças aos grandes movimentos pacifistas e manifestações contra a Guerra do Vietnã. O rock ganha um caráter político de contestação nas letras de Bob Dylan. Outro grupo inglês começa a fazer grande sucesso : The Rolling Stones.

No final da década, em 1969, o Festival de Woodstock torna-se o símbolo deste período. Sob o lema "paz e amor", meio milhão de jovens comparecem no concerto que contou com a presença de Jimi Hendrix e Janis Joplin.

Bandas de rock que fizeram sucesso nesta época : The Mamas & The Papas, Animals, The Who, Jefferson Airplane, Pink Floyd, The Beatles, Rolling Stones, The Doors.

 

O rock nos anos 70 : disco music, pop rock e punk rock

 

Nesta época o rock ganha uma cara mais popular com a massificação da música e o surgimento do videoclipe. Surge também uma batida mais forte e pesada no cenário do rock. É a vez do heavy metal de bandas como Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple. Por outro lado, surge uma batida dançante que toma conta das pistas de dança do mundo todo. A dance music desponta com os sucessos de Frank Zappa, Creedence Clearwater, Capitain Beefheart, Neil Young, Elton John, Brian Ferry e David Bowie.

Bandas de rock com shows grandiosos aparecem nesta época : Pink Floyd Genesis, Queen e Yes.

 

Anos 80 : um pouco de tudo no rock

 

A década de 1980 foi marcada pela convivência de vários estilos de rock. O new wave faz sucesso no ritmo dançante das seguintes bandas: Talking Heads, The Clash, The Smith, The Police.

Surge em Nova York uma emissora de TV dedicada à música e que impulsiona ainda mais o rock. Esta emissora é a MTV, dedicada a mostrar videoclipes de bandas e cantores.

Começa a fazer sucesso a banda de rock irlandesa chamada U2 com letras de protesto e com forte caráter político. Seguindo um estilo pop e dançante, aparecem Michael Jackson e Madonna.

 

Anos 90 : década de fusões e experimentações

 

Esta década foi marcada por fusões de ritmos diferentes e do sucesso, em nível mundial, do rap e do reggae. Bandas como Red Hot Chili Peppers e Faith no More fundem o heavy metal e o funk, ganhando o gosto dos roqueiros e fazendo grande sucesso.

 

Surge o movimento grunge em Seattle, na California. O grupo Nirvana, liderado por Kurt Cobain, é o maior representante deste novo estilo. R.E.M., Soundgarden, Pearl Jam e Alice In Chains também fazem sucesso no cenário grunge deste período.

 

O rock britânico ganha novas bandas como, por exemplo, Oasis, Green Day e Supergrass.

 

O Rock no Brasil

O primeiro sucesso no cenário do rock brasileiro apareceu na voz de uma cantora. Celly Campello estourou nas rádios com os sucessos Banho de Lua e Estúpido Cupido, no começo da década de 1960. Em meados desta década, surge a Jovem Guarda com cantores como, por exemplo, Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa. Com letras românticas e ritmo acelerado, começa fazer sucesso entre os jovens.

Na década de 1970, surge Raul Seixas e o grupo Secos e Molhados. Na década seguinte, com temas mais urbanos e falando da vida cotidiana, surgem bandas como: Ultraje a Rigor, Legião Urbana, Titãs, Barão Vermelho, Kid Abelha, Engenheiros do Hawaii, Blitz e Os Paralamas do Sucesso.

Na década de 1990, fazem sucesso no cenário do rock nacional : Raimundos, Charlie Brown Jr., Jota Quest, Pato Fu, Skank entre outros.

2000

A edição de 2000 teve como tema a paz, com vídeos e momentos de protesto contra a violência no País. Bandas como Jota Quest, Elétrika, Natiruts, Capital Inicial, Ira!, Tianastácia, Radar Tantã, Skank, Jam Pow!, O Rappa, Raimundos, Paralamas do Sucesso, Biquini Cavadão, Engenheiros do Hawaii, Charlie Brown Jr. e Pato Fu mandaram seus recados.

 

2001

Em 2001 teve mais uma vez um fabuloso elenco de artistas brasileiros - e até internacionais, com a presença do Live e Soul Asylum. Um dos destaques foi o set acústico de Cássia Eller em uma de suas últimas apresentações em festivais, além de uma debochada simulação da "dança da garrafa". Dinho, mesmo se sentindo mal, subiu ao palco com o Capital Inicial. O Skank tocou com o Tianastácia e o Pato Fu mostrou músicas inéditas.

 

O tema deste ano foi o projeto Amigo da Água. Que trouxe como grande surpresa a participação especial de Guilherme Arantes cantando a música Planeta Água nos dois dias do evento.

 

Pela primeira vez o Pop Rock Brasil ocorreu no Mineirão.

 

11 de agosto

 

Charlie Brown Jr

Tianastácia

Ira!

Biquini Cavadão

Nenhum de Nós

Engenheiros do Hawaii

Tihuana

Pato Fu

Soul Asylum

12 de agosto

 

Planet Hemp

Mary's Band

Cássia Eller

Skank

Capital Inicial

Jota Quest

Sideral

Nocaute

Live

2002

O contraste de idades e estilos marcou a edição de 2002. Novidades da cena roqueira como CPM 22 dividiram o palco com dinossauros como RPM. Além disso a banda que começou com brincadeira ganhou o palco do festival mineiro. O Reggae B, comandado pelo paralama Bi Ribeiro ganhou vaga e agitou o público que ainda pôde conferir nomes como Planet Hemp, Charlie Brown Jr., Sepultura e Skank.

 

2003

O Festival chegava aos 20 anos, desde a sua primeira edição e nada melhor do que uma festa de gala no Independência. O público de mais de 20 mil pessoas no primeiro dia do evento puderam acompanhar apresentações dos mineiros Jota Quest e Skank, além de nomes como o carioca Frejat e os paulistanos do Titãs.

 

Além deles, fizeram parte da festa as bandas O Surto, que fez uma apresentação acústica, a roqueira Pitty, o pessoal do Elétrika, que abriu o festival com uma versão roqueira do Hino Nacional, Marcelo D2, Rodox, Engenheiros do Hawaii, Jam Pow!, que contou com a participação surpresa de Sideral, Tianastácia e Angra.

 

Com os ouvidos ainda zunindo do dia anterior, quase 25 mil pessoas voltaram ao Independência para o segundo dia do Pop Rock Brasil 2003. Entre as atrações do domingo, tivemos a presença dos mineiros do Squadra, que abriu o show em grande estilo: tocando Enter Sandman do Metallica e tocando também Blur, Guns N' Roses e Legião Urbana. Além deles, Ultraje a Rigor, Nando Reis, O Rappa, Kid Abelha, Capital Inicial, Gabriel O Pensador, Biquini Cavadão e Detonautas participaram da festa.

 

2004

Seis bandas tocaram no palco principal do Pop Rock Brasil 2004 na primeira noite do evento, realizado mais uma vez no Estádio Independência. Marcelo D2, CPM 22, Tianastácia, O Rappa, Cidade Negra e Los Hermanos. Além deles, tivemos no palco “Na Lata”, apresentações de Johnnie B, Terral, Código B e Mandrak.

 

Após a apresentação do rapper Marcelo D2, que abriu o festival, o vocalista do CPM 22, Badaui, agradeceu o público e brincou: "obrigado por preferirem o Pop Rock ao show do Linkin Park", fazendo uma referência à apresentação da banda americana em São Paulo, na mesma noite.

 

Depois deles, o Tianastácia subiu ao palco e fez uma apresentação especial: durante o show foi gravado o primeiro DVD do grupo mineiro. O Rappa começou a tocar por volta das 21h15 e, além de apresentar seus maiores sucessos, o vocalista Marcelo Falcão lembrou o aniversário de três anos dos atentados de 11 de setembro nos EUA e aproveitou para criticar George W. Bush.

 

O Cidade Negra, penúltima banda a se apresentar no palco principal, mesclou seus maiores hits a músicas do novo CD, Perto de Deus, tocadas pela primeira vez ao vivo para o público de Belo Horizonte. Tony Garrido elogiou a organização do festival e o clima de amizade entre as bandas.

 

Os cariocas dos Los Hermanos fecharam a primeira noite do festival à meia-noite de sábado, com um apanhado de seus maiores hits e uma homenagem a Rita Lee.

 

No dia seguinte, mais seis bandas se apresentaram no palco principal do Pop Rock 2004 e agitaram o público que compareceu ao Independência. Pitty, Detonautas, Charlie Brown Jr., Capital Inicial, Jota Quest e Nenhum de Nós tocaram para um público recorde de cerca de 25 mil pessoas.

 

No palco secundário, o Lata, com shows de bandas iniciantes, apresentaram-se Tchai, Uberro, Sideral e Carne Nua, que voltou depois de ter vencido o concurso Pop Rock.

 

2005

Nos dias 10 e 11 de setembro o Estádio do Mineirão recebeu mais uma vez o Pop Rock Brasil. O evento, levou ao estádio as bandas Tihuana, Charlie Brown Jr., Marcelo D2, Pitty, Engenheiros do Hawaii, Pato Fu, Dead Fish, Ramirez, Skank, O Rappa, Tianastácia, Detonautas, Capital Inicial, Marjorie Estiano, Armandinho, CPM22.

 

2006

A edição de 2006[1] do Pop Rock Brasil ocorreu nos dias 10 e 11 de novembro no Mineirão e o festival voltou a investir em atrações internacionais, trazendo para o palco as bandas Black Eyed Peas, New Order e The Rasmus. Além delas, O Rappa, Marcelo D2, Cpm 22, Nando Reis, Tianastácia, Pitty, Cachorro Grande, Reação em Cadeia, O Rappa e Armandinho foram algumas das atrações do evento que contava com uma Tenda Eletrônica, Zona Radical e Lounge Pop.

 

2007

A edição de 2007 do Pop Rock Brasil ocorreu nos dias 17 e 18 de novembro no Mineirão e o festival voltou a investir em atrações internacionais, trazendo para o palco Skazi e JoJo. Além delas:[2] Charlie Brown Jr, Luxúria, Código B, Capital Inicial, Fresno, Skank, Strike, Tianastácia, Pitty, Biquini Cavadão, Jota Quest, Natiruts, NX Zero, O Rappa e Manitu.

 

2008

O evento de 2008[3] aconteceu nos dias 8 e 9 de novembro com grandes bandas nacionais e internacionais. Os ingressos "no escuro"[4] [5] foram vendidos do dia primeiro de setembro até o dia dezenove do mesmo mês.

 

A 98 FM anunciou na sua programação doze atrações: NX Zero, Jota Quest, The Offspring[6] , Maroon 5[7] , Capital Inicial, Charlie Brown Junior[8] , Tianastácia[9] , Código B, Manitu, Wilson Sideral,[10] Strike e Detonautas.

 

Apesar da Mix FM impedir judicialmente[11] a realização do evento a 98 FM conseguiu fazer um acordo por R$400.000,00[12] . Essa ação ainda está relacionada com a disputa judicial por uso indevido, pela concorrente, da marca Pop Rock Brasil ocorrida em 2006.O evento parou de ser realizado sem informações em 2009, algo que não acontecia desde 1995.Ainda não se sabe o próximo PRB.

 

 

Pela primeira vez o evento ocorreu no Mega Space:

 

Comentários sobre Pop Rock

Vídeo sobre Pop Rock

Twitter
Pop Rock
https://www.youtube.com/embed/WxWnuw6Hqwc
Pop Rock