MINHA CONTA
Fechar
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar?

Para comprar ou vender Fechar

Seja bem vindo ao Permuta Livre.

Sabão

Encontre milhares de ofertas de Sabão usados a venda no Permuta Livre. São milhares de anúncios publicados até 20/01/2019 e você pode comprar ou trocar diretamente com o vendedor. + continuar lendo

O que é

sabão é um produto tensoativo usado em conjunto comágua para lavar e limpar. Sua apresentação é variada, desde barras sólidas até líquidos viscosos, e também pó. Do ponto de vista químico, o sabão é um sal de ácido graxo. Tradicionalmente, o sabão é produzido por uma reação entre gordura e hidróxido de sódio e de potássa e carbonato de sódio, todos álcalis (bases) historicamente lixiviados das cinzas de madeiras de lei. A reação química que produz o sabão é conhecida como saponificação. A gordura e as bases são hidrolisadas em água; os gliceróis livres ligam-se com grupos livres de hidroxila para formar glicerina, e as moléculas livres de sódio ligam-se com ácidos graxos para formar o sabão.

Muitos produtos de limpeza atuais não são tecnicamente sabões, mas detergentes, de produção mais barata e simples.

Os melhores sabão

  • Os sabões líquidos surgiram no mercado com a promessa de render mais do que os em pó, porém nossos testes indicam que apesar da versão líquida durar até 30 lavagens, ela não se saiu bem em todas as análises. Já o produto líquido que foi o melhor lava apenas dez máquinas e fica atrás do melhor do teste e escolha certa, um produto em pó, que, além de ser superior em diversos quesitos, é capaz de durar por 16 lavagens.

    Outra conclusão é que os sabões em pó são os melhores para tirar diferentes tipos de manchas. Por outro lado, todos os líquidos são imbatíveis na manutenção das cores das roupas – mas o melhor do teste e escolha certa também lavam bem.

    Para escolher qual sabão usar, é preciso definir suas necessidades na limpeza das roupas: tirar manchas ou manter as cores? Em relação à retirada de manchas, dividimos os resultados em três categorias:

    • Gordura (óleo mineral, sebo, maquiagem, maionese e molho de carne).
    • Enzimas (chocolate ao leite, sangue, batata e molho de salada).
    • Pesadas (chá, café, vinho, graxa e mirtilo – fruta também conhecida como blueberry).

    Para vencer as manchas de gordura, a marca Assim em pó foi o que se saiu melhor. Mas houve também outros produtos que tiveram bons resultados: os líquidos Baby Soft, Ariel, Ace e todos os três avaliados da marca Omo.

    Para retirar manchas com enzimas, os em pó Omo e Assim apareceram como os grandes destaques. Já os líquidos Ariel, Omo Concentrado e Omo Progress e os em pó Tixan Ypê, Ariel e Ace foram bons também nessa tarefa.

    Já para eliminar manchas pesadas, Ariel (em pó e líquido) e Omo em pó desempenharam melhor o trabalho. Todos os outros receberam "bom" nessa avaliação, com exceção dos aceitáveis Surf em pó e Ypê líquido.

    Veja na imagem acima o sabão indicado para cada tipo de mancha.

    Outra grande preocupação na hora de lavar roupas coloridas é não deixá-las desbotar. Nesse aspecto, pode confiar em todos os sabões líquidos. O único em pó que ficou no mesmo patamar foi o Assim.

    Na lavagem de roupas brancas o Ariel em pó foi o que alcançou os melhores resultados para deixar as peças bem lavadas. Ainda assim, diversas outras marcas obtiveram resultados muito bons e bons nessa avaliação. Avaliamos também o amarelamento após três ciclos de lavagem e vimos que todos os produtos se saíram bem, não escurecendo as roupas.

    Na hora da compra, procure levar em consideração a durabilidade dos produtos. A marca de sabão considerado pela PROTESTE melhor do teste e escolha certa, rende 16 lavagens (enquanto o Ace em pó, apenas seis). Entre os líquidos, o que mais rende é o Surf (30 lavagens), mas ele pode não ser tão eficiente. Já a marca de sabão líquido mais bem avaliado lava dez máquinas.


Como funciona

Se o sabão é feito de óleos e gorduras, como é capaz de limpar superfícies engorduradas? É uma pergunta curiosa, uma vez que a composição básica dos sabões é justamente as gorduras animais e os óleos vegetais, todos insolúveis em água, daí o porquê da água sozinha não limpar esses compostos.

Uma grande descoberta revolucionou a limpeza, através dela é possível limpar sujidades acumuladas. Tudo muito simples: a mistura de óleos (ésteres) com soluções alcalinas (hidróxido de sódio ou potássio) deu origem a um produto que se dissolve em água e retira gorduras. Estamos falando do sabão, acompanhe a equação que tornou possível sua produção:

Óleo + base → sabão + glicerol 

Voltando à pergunta anterior, se óleos são insolúveis em água, como é possível retirá-los usando água e sabão? Graças ao caráter polar e apolar do sabão. Abaixo uma demonstração de como funciona a interação entre sabão, água e óleo.

Repare que a molécula de sabão possui uma parte polar e outra apolar. A cadeia apolar formada por hidrocarbonetos (− CH2) se sente atraída por óleos (apolar) e a extremidade polar (contendo íons) interage com a água. Dizemos então que a molécula COONa é polar e hidrofílica (reage com água) e a cadeia de hidrocarbonetos é hidrofóbica (tem aversão à água). Essa força de atração é baseada na regra: “semelhante dissolve semelhante”. 

Assim é possível que se forme uma emulsão (mistura) caracterizada pela espuma. É a partir dessa interação entre os componentes do sabão que se torna possível limpar superfícies cheias de gordura.


 

Comentários sobre Sabão

Vídeo sobre Sabão

Twitter
Sabão
https://www.youtube.com/embed/CKkmQegxH1k
Sabão