MINHA CONTA
Fechar
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar?

Para comprar ou vender Fechar

Seja bem vindo ao Permuta Livre.

Boi para Reprodução

Encontre milhares de ofertas de Boi para Reprodução usados a venda no Permuta Livre. São milhares de anúncios publicados até 25/11/2020 e você pode comprar ou trocar diretamente com o vendedor. + continuar lendo

O que é Boi para Reprodução?

 

Boi é o nome dado ao bovino macho, castrado; enquanto o bovino macho reprodutor é chamado de touro. Tais animais são herbívoros ruminantes. Eles se alimentam, principalmente, de pastagens, capins, fenos, cana-de-açúcar, e rações feitas de milho, sorgo, farelos, soja, dentre outros. Eles pertencem à Família Bovidade, assim como ovelhas, cabras, antílopes e bisontes. Domesticados pela nossa espécie há cerca de 5000 anos, eram requeridos para o transporte de cargas mais volumosas e/ou pesadas e fornecimento de leite; aproveitando a carne e couro após sua morte.

 

Reprodutores Bovinos são aquelas espécimes que são responsáveis pela reprodução do rebanho. Geralmente, são aqueles que têm um melhoramento genético e um físico mais avantajado em relação aos demais. É importante escolher a dedo os touros reprodutores que irá cobrir as suas vacas, olhando principalmente para o gene do animal para que ele continue o seu ramo, seja partindo para a pecuária de corte ou gado de leite.

 

Antes de escolher um reprodutor bovino, você deve saber definir em que tipo de rebanho você quer investir, seja gado de corte ou gado de leite.  

 

 

Lista dos melhores Bois para Reprodução

 

  • Touros Nelore
  • Touros Brahman
  • Touros Gir Leiteiro 

 

 

Como funciona o Boi para Reprodução

 

O tempo que um bezerro leva para virar um reprodutor bovino é variável. Sendo que cada raça tem um tempo especifico para o amadurecimento reprodutivo, além de fatores ambientais e alimentares. Geralmente, o gado nelore tem amadurecimento mais rápido que os demais.

 

Porém, alguns casos de gado de leite, mostram que os Touros Gir-Leiteiro tem um amadurecimento rápido. Um boi leva em média 15 meses para virar um reprodutor bovino e se for bem tratado, com cuidados veterinários, pode continuar sua reprodução até os 10 anos.

 

O reprodutor inicia a vida de cobertura aos trinta meses de idade e o produtor poderá utilizar esse reprodutor na cobertura no máximo entre oito e dez anos de idade. O ideal é possuir um reprodutor para cada vinte e cinco ou trinta vacas dentro da propriedade.

 

Crie uma estação de monta na sua propriedade. Essa estão de monta deverá ser entre novembro e janeiro. Serão os três meses onde o produtor terá uma pastagem melhor. Isso melhora a fertilidade dos animais. A vantagem da estão de monta é que o produtor terá a gestão e a cria na mesma época na propriedade. Ou seja, o produtor terá um plantel com a mesma faixa etária. Isso facilita muito a comercialização dos animais.

 

Também irá possibilitar que o reprodutor e as vacas tenham um espaço entre as gestações.

 

 

Para que serve o Boi para Reprodução

 

A reprodução de bovinos tem como finalidade a produção de bezerros e bezerras, utilizando matrizes, a partir da maturidade sexual até o momento de descarte e conseqüente substituição por novilhas (reposição), sendo que o ciclo se repete de geração em geração.

 

A introdução de um bom touro é uma das melhores maneiras de se melhorar o padrão do rebanho. Para que seja feita a melhor escolha do animal a ser introduzido, existem dois métodos mais utilizados: 

 

Escolha pelo parentesco: Se um animal pertence a uma "boa" família, em geral, ele também é um bom animal. 

 

Escolha pelo exame direto do animal: Através desse exame, devemos verificar se o animal é sadio, pois a saúde é o fator mais importante, principalmente na escolha de um reprodutor.

 

 

Tipos de Boi para Reprodução

 

  • Touros Nelore: O Touro Nelore originou-se 1000 a.C. na época em que arianos levaram os animais para o continente indiano. É no final do século XVIII que a raça Ongole começa a transformar na raça Nelore quando desembarcam no Brasil, onde passaram a ser comercializados e permaneceram aqui. As mais significativas importações da raça aconteceram entre 1960 e 1962. A partir daí, o gado Nelore tornou-se a raça mais predominante no rebanho do Brasil. O estimado é que em nosso país há um rebanho de 165 milhões de bovinos, 85% desses são da Raça Nelore para corte, ou seja, cerca de 100 milhões de bovinos.

 

  • Touros Brahman: Os touros Brahman originou-se no final do século XIX nos Estados Unidos. É resultado do cruzamento de quatro raças: Gir, Nelore, Guzerá e Krishna Valley. Os touros Brahman impressionaram seus criadores pioneiros por responderem bem aos poucos cuidados e também por se adaptarem bem ao clima do sul. Os touros Brahman destacam-se por serem rústicos, precoces na fertilidade, habilidade materna, docilidade, excelente ganho de peso e alto percentual de musculatura. O Touro Brahman chegou oficialmente no Brasil em abril de 1994, sob os olhares atentos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O trabalho de adaptação foi longo, várias pessoas empenharam-se para que mais essa raça zebuína tivesse lugar garantido em nossa pecuária. Apresentam ótima morfologia para a produção de carne. O dorso-lombo e garupa do Touro Brahman, onde se localiza as carnes mais nobres, são regiões do Brahman com bom volume, assim como todo seu posterior é de ótimo desenvolvimento e muita convexidade.

 

  • Touros Gir Leiteiro: O touro Gir Leiteiro originou-se na Índia destacando-se por ser raça de gado de corte com boa aptidão leiteira. A raça de TouroGir Leiteiro resulta de uma seleção realizada desde a década de 30 por entidades governamentais da Paraíba e Minas Gerais e criadores particulares de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Os trabalhos de seleção foram realizados à maneira de cada criador, os quais utilizaram de seus conhecimentos e experiências para procurar as características desejáveis ao plantel. Em 1980 foi criada a ABCGIL (Associação Brasileira de Gir Leiteiro) com objetivo de unir os criadores da raça de Touro Gir Leiteiro. Atualmente esta entidade executa o Programa Nacional de Melhoramento Genético em parceria com a EMBRAPA/Gado de Leite.

 

 

Benefícios do Boi para reprodução

 

A maioria dos produtores desconhece a validade e a maneira de realizar-se um efetivo controle sanitário, bem como as técnicas de manejo e os cuidados com a alimentação, procedimentos indispensáveis à melhoria da eficiência reprodutiva na pecuária nacional. Até o momento, os produtores são os menos responsáveis pela situação atual, cabendo aos técnicos a grande responsabilidade de reverter esse quadro, levando ao conhecimento dos mesmos as técnicas mais avançadas, capazes de melhorar os atuais índices zootécnicos do rebanho. Ciente das novas tecnologias, mais impossibilitado ou não-disposto a adotá-las, a manutenção desses índices passa a ser responsabilidade dos próprios produtores.
 
 
Fontes:
mundoeducacao.bol.uol.com.br
fazendasantanna.com.br
boisaude.com.br
sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br

ruralnews.com.br 

Comentários sobre Boi para Reprodução

Vídeo sobre Boi para Reprodução

Twitter
Boi para Reprodução
https://www.youtube.com/embed/Nyo8mS3tZK4
Boi para Reprodução