MINHA CONTA
Fechar
Para continuar, acesse sua conta ou faça um cadastro rápido.
E-mail ou Login
Senha
Esqueceu a senha?
Não consegue se autenticar?

Para comprar ou vender Fechar

Seja bem vindo ao Permuta Livre.

Perfurador

Encontre milhares de ofertas de Perfurador usados a venda no Permuta Livre. São milhares de anúncios publicados até 26/06/2019 e você pode comprar ou trocar diretamente com o vendedor. + continuar lendo

Furador

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Furador é um utensílio de escritório que permite furar as folhas de papel para que as mesmas possam ser arquivadas devidamente em dossiês.

Os mais habituais são os de 2 furos, mas existem também de 4 e 6 furos. Existem diversas capacidades de furação indo desde poucas folhas a furadores industriais que furam centenas de uma só vez. Possuem habitualmente uma guia consoante o tamanho do papel a furar.

 

Perfurador de cartão é um mecanismo utilizado para inserir manualmente informações em cartões perfurados, em pontos designados por teclas pressionadas pelo operador. Os primeiros modelos, surgidos no final do século XIX, usavam dispositivos manuais, que foram posteriormente aperfeiçoados e mecanizados.[1]

Em muitos departamentos de processamento de dados as informações nos cartões perfurados eram verificadas por digitar as mesmas informações uma segunda vez, comparando-a com o original. Com a popularização do mecanismo cresceu também a demanda por operadores de perfurador, normalmente mulheres que trabalhavam em horário integral em máquinas de perfuração e verificação, em departamentos exclusivos com dezenas ou centenas de outras operadoras.[2]

A demanda pelo mecanismo permaneceu até a década de 1970, mas ele se tornou rapidamente obsoleto com o surgimento dos terminais computadorizados.[3]

Furador

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Furador é um utensílio de escritório que permite furar as folhas de papel para que as mesmas possam ser arquivadas devidamente em dossiês.

Os mais habituais são os de 2 furos, mas existem também de 4 e 6 furos. Existem diversas capacidades de furação indo desde poucas folhas a furadores industriais que furam centenas de uma só vez. Possuem habitualmente uma guia consoante o tamanho do papel a furar.

 

Perfurador de cartão é um mecanismo utilizado para inserir manualmente informações em cartões perfurados, em pontos designados por teclas pressionadas pelo operador. Os primeiros modelos, surgidos no final do século XIX, usavam dispositivos manuais, que foram posteriormente aperfeiçoados e mecanizados.[1]

Em muitos departamentos de processamento de dados as informações nos cartões perfurados eram verificadas por digitar as mesmas informações uma segunda vez, comparando-a com o original. Com a popularização do mecanismo cresceu também a demanda por operadores de perfurador, normalmente mulheres que trabalhavam em horário integral em máquinas de perfuração e verificação, em departamentos exclusivos com dezenas ou centenas de outras operadoras.[2]

 

A demanda pelo mecanismo permaneceu até a década de 1970, mas ele se tornou rapidamente obsoleto com o surgimento dos terminais computadorizados.[3]

Furador

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Furador é um utensílio de escritório que permite furar as folhas de papel para que as mesmas possam ser arquivadas devidamente em dossiês.

Os mais habituais são os de 2 furos, mas existem também de 4 e 6 furos. Existem diversas capacidades de furação indo desde poucas folhas a furadores industriais que furam centenas de uma só vez. Possuem habitualmente uma guia consoante o tamanho do papel a furar.

 

Perfurador de cartão é um mecanismo utilizado para inserir manualmente informações em cartões perfurados, em pontos designados por teclas pressionadas pelo operador. Os primeiros modelos, surgidos no final do século XIX, usavam dispositivos manuais, que foram posteriormente aperfeiçoados e mecanizados.[1]

Em muitos departamentos de processamento de dados as informações nos cartões perfurados eram verificadas por digitar as mesmas informações uma segunda vez, comparando-a com o original. Com a popularização do mecanismo cresceu também a demanda por operadores de perfurador, normalmente mulheres que trabalhavam em horário integral em máquinas de perfuração e verificação, em departamentos exclusivos com dezenas ou centenas de outras operadoras.[2]

 

A demanda pelo mecanismo permaneceu até a década de 1970, mas ele se tornou rapidamente obsoleto com o surgimento dos terminais computadorizados.[3]

Furador

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Furador é um utensílio de escritório que permite furar as folhas de papel para que as mesmas possam ser arquivadas devidamente em dossiês.

Os mais habituais são os de 2 furos, mas existem também de 4 e 6 furos. Existem diversas capacidades de furação indo desde poucas folhas a furadores industriais que furam centenas de uma só vez. Possuem habitualmente uma guia consoante o tamanho do papel a furar.

 

Perfurador de cartão é um mecanismo utilizado para inserir manualmente informações em cartões perfurados, em pontos designados por teclas pressionadas pelo operador. Os primeiros modelos, surgidos no final do século XIX, usavam dispositivos manuais, que foram posteriormente aperfeiçoados e mecanizados.[1]

Em muitos departamentos de processamento de dados as informações nos cartões perfurados eram verificadas por digitar as mesmas informações uma segunda vez, comparando-a com o original. Com a popularização do mecanismo cresceu também a demanda por operadores de perfurador, normalmente mulheres que trabalhavam em horário integral em máquinas de perfuração e verificação, em departamentos exclusivos com dezenas ou centenas de outras operadoras.[2]

 

A demanda pelo mecanismo permaneceu até a década de 1970, mas ele se tornou rapidamente obsoleto com o surgimento dos terminais computadorizados.[3]

Furador

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Furador é um utensílio de escritório que permite furar as folhas de papel para que as mesmas possam ser arquivadas devidamente em dossiês.

Os mais habituais são os de 2 furos, mas existem também de 4 e 6 furos. Existem diversas capacidades de furação indo desde poucas folhas a furadores industriais que furam centenas de uma só vez. Possuem habitualmente uma guia consoante o tamanho do papel a furar.

 

Perfurador de cartão é um mecanismo utilizado para inserir manualmente informações em cartões perfurados, em pontos designados por teclas pressionadas pelo operador. Os primeiros modelos, surgidos no final do século XIX, usavam dispositivos manuais, que foram posteriormente aperfeiçoados e mecanizados.[1]

Em muitos departamentos de processamento de dados as informações nos cartões perfurados eram verificadas por digitar as mesmas informações uma segunda vez, comparando-a com o original. Com a popularização do mecanismo cresceu também a demanda por operadores de perfurador, normalmente mulheres que trabalhavam em horário integral em máquinas de perfuração e verificação, em departamentos exclusivos com dezenas ou centenas de outras operadoras.[2]

 

A demanda pelo mecanismo permaneceu até a década de 1970, mas ele se tornou rapidamente obsoleto com o surgimento dos terminais computadorizados.[3]

Furador

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Furador é um utensílio de escritório que permite furar as folhas de papel para que as mesmas possam ser arquivadas devidamente em dossiês.

Os mais habituais são os de 2 furos, mas existem também de 4 e 6 furos. Existem diversas capacidades de furação indo desde poucas folhas a furadores industriais que furam centenas de uma só vez. Possuem habitualmente uma guia consoante o tamanho do papel a furar.

 

Perfurador de cartão é um mecanismo utilizado para inserir manualmente informações em cartões perfurados, em pontos designados por teclas pressionadas pelo operador. Os primeiros modelos, surgidos no final do século XIX, usavam dispositivos manuais, que foram posteriormente aperfeiçoados e mecanizados.[1]

Em muitos departamentos de processamento de dados as informações nos cartões perfurados eram verificadas por digitar as mesmas informações uma segunda vez, comparando-a com o original. Com a popularização do mecanismo cresceu também a demanda por operadores de perfurador, normalmente mulheres que trabalhavam em horário integral em máquinas de perfuração e verificação, em departamentos exclusivos com dezenas ou centenas de outras operadoras.[2]

 

A demanda pelo mecanismo permaneceu até a década de 1970, mas ele se tornou rapidamente obsoleto com o surgimento dos terminais computadorizados.[3]

Furador

 

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Furador é um utensílio de escritório que permite furar as folhas de papel para que as mesmas possam ser arquivadas devidamente em dossiês.

Os mais habituais são os de 2 furos, mas existem também de 4 e 6 furos. Existem diversas capacidades de furação indo desde poucas folhas a furadores industriais que furam centenas de uma só vez. Possuem habitualmente uma guia consoante o tamanho do papel a furar.

 

Perfurador de cartão é um mecanismo utilizado para inserir manualmente informações em cartões perfurados, em pontos designados por teclas pressionadas pelo operador. Os primeiros modelos, surgidos no final do século XIX, usavam dispositivos manuais, que foram posteriormente aperfeiçoados e mecanizados.[1]

Em muitos departamentos de processamento de dados as informações nos cartões perfurados eram verificadas por digitar as mesmas informações uma segunda vez, comparando-a com o original. Com a popularização do mecanismo cresceu também a demanda por operadores de perfurador, normalmente mulheres que trabalhavam em horário integral em máquinas de perfuração e verificação, em departamentos exclusivos com dezenas ou centenas de outras operadoras.[2]

 

A demanda pelo mecanismo permaneceu até a década de 1970, mas ele se tornou rapidamente obsoleto com o surgimento dos terminais computadorizados.[3]

Comentários sobre Perfurador

Vídeo sobre Perfurador

Twitter
Perfurador
https://www.youtube.com/embed/KWTJz1oDZ78
Perfurador